TV NSports vai mostrar confronto entre equipes que se destacam pela qualidade na defesa

 

A espera foi angustiante, mas tem hora para acabar. A partir das 19h30 desta quarta-feira será possível acompanhar, pelo serviço de streaming TV NSports, o São Paulo F.C./Barueri em ação. Impossibilitada de entrar no ginásio por força da pandemia, a torcida tricolor enfim vai poder vibrar com a equipe comandada pelo campeoníssimo José Roberto Guimarães. O adversário é o Esporte Clube Pinheiros.

De acordo com o que foi apresentado nas primeiras duas rodadas, é possível imaginar que São Paulo e Pinheiros poderão fazer um jogo que esteja para o vôlei paulista assim como os duelos entre Japão e Coreia do Sul estão para o vôlei asiático. São duas equipes que defendem muito bem e que querem ser cada vez mais rápidas, na intenção de frustrar a tentativa de bloqueio adversária.

O time de Barueri, que jogará pela terceira vez consecutiva no ginásio José Correa, já passou por Renata Country Club Valinhos e São Caetano, sempre por 3 a 0. Já o Pinheiros vem de duas derrotas. No sábado, seu algoz foi o Osasco São Cristóvão Saúde, um dos candidatos ao título, que teve muitas dificuldades para botar a bola no chão, tal a tenacidade pinheirense na defesa. A definição foi no tie-break: 15 a 13.

Para entender melhor a quantas andam as expectativas da equipe detentora do título de campeã paulista para o confronto desta quarta-feira, conversamos com jogadoras que já passaram pelo Pinheiros.

“Não será um jogo fácil. Necessitaremos de muito foco. Vamos ter que nos concentrar no que treinamos e não baixar a guarda. Não podemos ficar desesperadas e querer definir logo. Precisaremos de paciência, calma e um contra-ataque bem organizado. Nosso sistema defensivo tem funcionado muito bem e estamos jogando com uma boa velocidade, mas ainda faltam alguns ajustes”, diz a oposta Lorrayna.

Autora de sete pontos na partida contra São Caetano, a central Lorena (1,90m) também avalia de forma positiva a performance tricolor nos dois primeiros jogos do Paulista. “O time ainda está se encaixando, temos muito a evoluir, mas vejo que estamos desenvolvendo um bom trabalho”.

Em sua análise, a ponta Karina vai na mesma linha de raciocínio apresentada por suas colegas. “Vai ser uma partida com muito volume. Acho que o jogo vai ser decidido nos detalhes. Levará vantagem no final quem errar menos”.

A ponta Maira, que torceu o tornozelo esquerdo no segundo set da partida contra o São Caetano, passou por exames de imagens e permanece em tratamento intensivo. A estimativa de retorno depende da evolução clínica da atleta.

ELENCO

#1 Dani Terra – Líbero 1,68
#2 Diana – Meio 1,91
#4 Maira – Ponta 1,85
#5 Glayce Kelly – Ponta 1,85
#6 Nyeme – Líbero 1,75
#7 Lorrayna – Oposta 1,86
#8 Jheovana – Ponteira/Oposta 1,91
#9 Kisy – Oposta 1,89
#10 Lorena – Meio 1,90
#11 Karina – Ponta 1,79
#12 Larissa – Meio 1,88
#13 Jacke – Levantadora 1,74
#14 Kenya – Levantadora 1,85
#15 Duda – Levantadora 1,85
#16 Carol – Ponta 1,92
#18 Dani Seibt – Meio 1,88

Comissão Técnica:

Técnico – José Roberto Lages Guimarães
Assistente Técnico – Wagner Luiz Coppini Fernandes
Auxiliar Técnico – Alexandre Santos Gomes
Preparador Físico – Caique Bonafe Botelho Naipe e Eduardo Fernando Cianci Gomes
Médico: Julio Cesar Carvalho Nardelli
Responsável Fisioterapeuta – Fernando Alves Fernandes
Fisioterapeuta – Daniel Hideki Kan
Estatístico – Luciano Tavares Lima e Fabio Rafael Simplício

TABELA

23/09 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 Renata Country Club Valinhos (25-17, 25-17 e 25-16)

26/09 – São Paulo F.C./Barueri  3 x 0 São Caetano (25-14, 25-11 e 25-12)

30/09 19H30 – São Paulo F.C./Barueri x Esporte Clube Pinheiros (com TV NSports)

02/10 19H – Sesi Vôlei Bauru x São Paulo F.C./Barueri (com SporTV)

06/10 19H – São Paulo F.C./Barueri x Osasco AUD/São Cristóvão Saúde (com SporTV)