Com um bloqueio forte a ponto de inibir o ataque do Pinheiros, time de José Roberto Guimarães se impõe em quadra contra adversário qualificado e deixa torcida otimista

Uma equipe jovem, que poderia ser insegura, mas não é. Um time alto, com bom potencial de bloqueio, e que confirma essa condição, graças a muito treino e boa leitura. Com essas e outras qualidades, o São Paulo F.C./Barueri tornou fácil uma partida que poderia ser complicada, contra o Esporte Clube Pinheiros. Resultado: 3 a 0 (25-20, 25-17 e 25-16) e a manutenção de uma campanha até aqui impecável. Invicto após três rodadas, o time de Barueri, que jogou novamente em casa, no ginásio José Correa, ainda não cedeu nenhum set.

Ao longo do jogo, o São Paulo anotou 13 pontos de bloqueio – um no primeiro set, seis no segundo e igual número na terceira parcial. Com destaque para Diana e Kisy, que cimentaram o muro do time anfitrião, o Tricolor sobressaiu nesse fundamento. Essa imposição até mesmo inibiu o ataque do Pinheiros, que passou a forçar as jogadas, o que aumentou a incidência de erros. Embora qualificada tecnicamente, como provou na derrota por 3 a 2 para Osasco, na rodada anterior, a equipe paulistana cedeu 20 pontos dessa forma nesta quarta-feira.

A maior pontuadora foi Kisy, com 15 acertos. Karina, com muita segurança e técnica, contribuiu com outros 13.

“No contexto geral, o time jogou bem tanto no saque como no sistema defensivo como um todo, principalmente no bloqueio. A gente acabou tocando várias bolas, propiciando os contra-ataques. Mas o mais importante foi o foco que tivemos durante toda a partida. Isso foi o que mais me chamou a atenção”, afirmou José Roberto Guimarães.

Provando que tem um elenco bastante coeso, o São Paulo encontrou em Glayce Kelly uma solução para substituir Maira, que sofreu uma entorse de tornozelo na partida anterior. Cheia de personalidade, a camisa 5 anotou dez pontos – quatro logo no primeiro set, causando uma bela impressão logo de início.

“Foi muito bom o jogo. A gente teve muito erro de saque, mas nosso bloqueio funcionou muito bem. O time do Pinheiros é um pouco mais forte do que os que a gente havia enfrentado antes, mas fizemos uma ótima partida”, afirmou Lorrayna, que entrou no decorrer do jogo e deu conta do recado.

Com a classificação para a fase semifinal já assegurada, o Tricolor volta à quadra na sexta-feira. A meta é obter a melhor classificação possível, para pegar um cruzamento em tese mais favorável na próxima fase. O adversário será o Sesi-Bauru, com transmissão ao vivo pelo SporTV 2, a partir das 19h.

ELENCO

#1 Dani Terra – Líbero 1,68
#2 Diana – Meio 1,91
#4 Maira – Ponta 1,85
#5 Glayce Kelly – Ponta 1,85
#6 Nyeme – Líbero 1,75
#7 Lorrayna – Oposta 1,86
#8 Jheovana – Ponteira/Oposta 1,91
#9 Kisy – Oposta 1,89
#10 Lorena – Meio 1,90
#11 Karina – Ponta 1,79
#12 Larissa – Meio 1,88
#13 Jacke – Levantadora 1,74
#14 Kenya – Levantadora 1,85
#15 Duda – Levantadora 1,85
#16 Carol – Ponta 1,92
#18 Dani Seibt – Meio 1,88

Comissão Técnica:

Técnico – José Roberto Lages Guimarães
Assistente Técnico – Wagner Luiz Coppini Fernandes
Auxiliar Técnico – Alexandre Santos Gomes
Preparador Físico – Caique Bonafe Botelho Naipe e Eduardo Fernando Cianci Gomes
Médico: Julio Cesar Carvalho Nardelli
Responsável Fisioterapeuta – Fernando Alves Fernandes
Fisioterapeuta – Daniel Hideki Kan
Estatístico – Luciano Tavares Lima e Fabio Rafael Simplício

TABELA

23/09 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 Renata Country Club Valinhos (25-17, 25-17 e 25-16).

26/09  – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 São Caetano (25-14, 25-11 e 25-12)

30/09  – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 Esporte Clube Pinheiros (25-20, 25-17 e 25-16)

02/10 19H – Sesi Vôlei Bauru x São Paulo F.C./Barueri (com SporTV)

06/10 19H – São Paulo F.C./Barueri x Osasco AUD/São Cristóvão Saúde (com SporTV)