“Veterana” de 25 anos é uma das líderes do elenco, que se nutre da base trabalhada na cidade

Sexto colocado na Superliga feminina de vôlei, o São Paulo F.C./Barueri encerra sua participação na fase de classificação neste domingo, contra o Curitiba, na capital paranaense. A partida terá início às 20h, na Universidade Positivo, com transmissão ao vivo pela TV Cultura.

O fim de semana é duplamente importante para a ponteira Maira Cipriano: no sábado, completa 25 anos de idade. Domingo, Dia Internacional da Mulher, estará em ação num dos esportes em que as mulheres recebem maior visibilidade no país.

“Fico muito feliz de fazer o que amo e iniciar mais um ciclo nesta equipe”, diz Maira. Aos 25 anos, por incrível que pareça, é uma das mais experientes do elenco tricolor. “Quero que joguemos felizes e soltas. Seria um grande presente ver a equipe atuando com alegria em quadra”, completa a atacante.

A meta estabelecida pelo treinador José Roberto Guimarães nesta semana consiste na preservação da sexta colocação. Esse posicionamento coloca a equipe de Barueri num confronto em tese menos complicado nas quartas de final, contra o dono da terceira posição. Mas isso é apenas uma tese. Com a vitória do SESC-RJ na sexta-feira à noite, sobre o Itambé/Minas, no Rio, o time de Belo Horizonte caiu para terceiro.

O São Paulo chega à derradeira partida da primeira fase movido pela juventude de suas atletas, beneficiadas pelo importante trabalho de base realizado na cidade. A própria Maira atravessou parte de seu período de formação no município. “Tive passagem por Barueri na base, no meu primeiro ano de infanto. Fico muito feliz de retornar depois de alguns anos e ver que o trabalho continua. Assim como foi de grande importância pra mim na base, creio que será para muitas meninas que aqui estão, tanto na base como na equipe adulta”.

Mesmo “veterana” no grupo, Maira continua em fase de aprendizado, e trata de aproveitar a oportunidade de interiorizar aquilo que um treinador que tem no currículo três medalhas de ouro olímpicas tem a transmitir. “Esta é uma temporada de grande aprendizado, a minha segunda com o Zé. Hoje vivo uma situação diferente, sendo uma das mais velhas do time. Estou feliz e tentando absorver tudo o que ele tem a me ensinar”.

E até onde o São Paulo poderá chegar numa competição duríssima como a Superliga? Maira opta por enfatizar os progressos que já observa na equipe. “O time vem evoluindo a cada partida. Na falta de experiência, compensamos com muita vontade e alegria em quadra. Por sermos jovens, todo treino, cada jogo serve como aprendizado. Posso dizer que temos muito a surpreender até o final da temporada”.

Jogos do São Paulo F.C/Barueri na Superliga Feminina de Vôlei – Fase Classificatória

12/11 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 F.C. Fluminense
Ginásio José Corrêa – Barueri

15/11 – C.R. Flamengo 0 x 3 São Paulo F.C./Barueri
Ginásio Hélio Maurício – Rio de Janeiro

19/11 – São Paulo F.C./Barueri 0 x 3 SESC RJ
Ginásio José Corrêa – Barueri

23/11 – SESI Vôlei Barueri 3 x 1 São Paulo F.C./Barueri
Ginásio Panela de Pressão – Bauru

26/11 – São Paulo F.C./Barueri 2 x 3 Osasco/Audax
Ginásio José Corrêa – Bauru

14/12 – Valinhos 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri
Municipal – Valinhos

17/12 – São Paulo F.C./Barueri 0 x 3 Itambé Minas
Ginásio José Corrêa – Barueri

21/12 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 2 São Cristóvão Saúde/São Caetano
Ginásio José Corrêa – Barueri

11/01 – Esporte Clube Pinheiros 3 x 1 São Paulo F.C./Barueri
Ginásio Henrique Villaboim – São Paulo

14/01 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 1 Curitiba Vôlei
Ginásio José Corrêa – Barueri

18/01 – Fluminense  3 x 0 São Paulo F.C./Barueri

Ginásio da Hebraica – Rio

24/01 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 Flamengo

Ginásio do Morumbi – São Paulo

28/01 – SESC-RJ 3 x 0 São Paulo F.C./Barueri

Ginásio do Tijuca – Rio

04/02 – São Paulo F.C./Barueri 2 x 3 Sesi Vôlei Bauru

Ginásio José Corrêa – Barueri

07/02 – Osasco/Audax 0 x 3 São Paulo F.C./Barueri

Ginásio José Liberatti – Osasco

11/02 – Dentil/Praia Clube 3 x 0 São Paulo F.C/Barueri

Ginásio Sabiazinho – Uberlândia

14/02 – Itambé Minas 3 x 0 São Paulo F.C./Barueri

Arena Minas

21/02 – São Paulo F.C./Barueri 3 x 0 Valinhos

Ginásio José Corrêa – Barueri

28/02 – São Cristóvão Saúde/São Caetano 1 x 3 São Paulo F.C./Barueri

Ginásio Lauro Gomes

03/03 – São Paulo F.C./Barueri  3 x 1 Esporte Clube Pinheiros

Ginásio do Morumbi

08/03 – Curitiba x São Paulo F.C./Barueri

Ginásio Universidade Positivo

 

O elenco do São Paulo F.C/Barueri para a temporada 2019/20
#1 – Dani Terra – Líbero – 29/7/1994 – 1,68 m – 62 kg
#2 – Diana – Meio – 22/2/1999 – 1,91 m – 65 kg
#3 – Juma – Levantadora – 17/1/1993 – 1,80 m – 67 kg
#4 – Maira – Ponta – 7/3/1995 – 1,85 m – 66 kg
#5 – Thayane – Levantadora – 12/9/2001 – 1,78 m – 60 kg
#6 – Nyeme – Líbero – 11/10/1998 – 1,75 m – 72 kg
#7 – Lays – Meio – 13/10/1995 – 1,85 m – 71 kg
#8 – Jheovana – Ponteira/Oposta – 10/1/2001 – 1,91 m – 90 kg
#9 – Kisy – Oposta – 28/1/2000 – 1,89 m – 75 kg
#10 – Tainara Santos – Ponteira – 09/3/2000 – 1,87 m – 78 kg
#11 – Lorenne – Oposta – 8/1/1996 – 1,85 m – 74 kg
#12 – Larissa – Meio – 2/3/2001 – 1,88 m – 70 kg
#13 – Jacke – Levantadora – 30/12/1999 – 1,74 m – 67 kg
#16 – Carol – Ponteira – 28/6/2002 – 1,92 m – 78 kg
#18 – Mayany – Meio – 24/11/1996 – 1,85 m – 62 kg
#19 – Parise – Ponteira – 21/3/2002 – 1,85 m – 70 kg
Técnico: José Roberto Guimarães
Auxiliares-técnicos: Wagner Coppini Fernandes, Alexandre Gomes e Fábio Rafael Simplício
Preparadores físicos: Caíque Botelho e Eduardo Cianci Gomes
Médico: Júlio César Nardelli
Fisioterapeutas: Fernando Alves Fernandes e Daniel Hideki Kan
Estatístico: Fábio Simplício e Luciano Tavares Lima